Search
  • Redação Erah

Startup aposta em equipe feminina para crescer

Em 25 de agosto de 2021 às 10:09

Em um mercado dominado pelos homens, uma startup do interior de Santa Catarina vem apostando no público feminino para expandir seu negócio.


Voltada para a terceirização de vendedores para empresas de tecnologia, a Erah conta com uma equipe de 35 pessoas, onde 5 são homens e o restante são mulheres, correspondendo a 85% do grupo.


O CEO da startup, Maike Marques, cita que a escolha pela preferência do público feminino se deu após ele passar por algumas empresas da área e perceber que não havia espaço para as mulheres. Ao abrir a Erah, em 2019, uma das propostas foi dar mais oportunidades para o público feminino, em um setor onde elas não costumam receber o mesmo reconhecimento.


“Estudos mostram que menos de 2% das empresas de tecnologia contam com a maioria de mulheres em sua equipe, e menos de 1% destas empresas são lideradas por pessoas negras”, cita o empresário.


Millena Grosskopf, gerente de marketing, relata que a facilidade em conversar com clientes e solucionar problemas é inerente ao público feminino, trazendo um algo a mais para o negócio. Ela lembra que a maioria feminina também se reflete nos cargos de liderança da empresa, que com exceção dos dois sócios da empresa, são todos ocupados por mulheres.


JOVEM E LOCAL

Além do foco feminino, o investimento em talento jovem e local faz parte da cultura da empresa. Com sua sede em São Bento do Sul, município de 85 mil habitantes, a empresa valoriza a mão de obra local e não pensa em levar sua matriz para centros maiores, apesar de já ter recebido algumas propostas.


É com este toque feminino e foco local que o negócio vem se desenvolvendo. A empresa caminha para o seu segundo ano completo e tem previsão de aumentar seu faturamento em 600% neste ano em comparação com o ano passado.


Para chegar nestes números, são atendidos clientes de todo o Brasil e ainda de 12 países, como Polônia, Estados Unidos e Espanha.


A Erah já abriu um escritório no Reino Unido, e está em processo para abrir outro no Estados Unidos, mercado onde deseja fortalecer sua atuação.



- via https://www.economiasc.com





2 views0 comments